Header image  
QUALIDADE DE VIDA A SEU ALCANCE  
  PÁGINA INICIAL ::
   
 

Como Consumir Aloe Vera

Antes de mais nada, alguns detalhes devem ser destacados:

1) Não devemos ir colhendo babosa e usando: Existem mais de 240 tipos catalogados de aloe vera. A maioria deles tem um ou outro benefício para o corpo físico, mas não devem ser consumidos de forma fresca, pois em muitas espécies estão contidos elementos naturais protetores da planta que tornam-se nocivos quando ingeridos. Algumas espécies de aloe vera são venenosas. A espécie definitiva de aloe vera que é mais segura e possui o maior número de elementos reunidos com processos benéficos para o físico é a Aloe Barbadensis Miller. Esta também é a que possui a maior quantidade de gel em sua folha. Mesmo essa, tem de ser tratada, e apenas seu gel deve ser consumido, pois todo o corpo das folhas já prensado e sem gel, sob a forma de "bagaço", não possui nenhum efeito benéfico para o físico.

2) Ingestão do gel: Como o gel é altamente oxidativo, é necessário que o produto ingerido, que contenha o gel, o tenha sob a forma estabilizada e em uma quantidade percentual suficiente para surtir qualquer efeito benéfico no físico. Existe um órgão internacional, o INTERNATIONAL ALOE SCIENCE CONCIL, que expede um selo de controle pra todos os produtos que contenham uma porcentagem relevante do gel da aloe em sua composição. Em resumo, se você usa um produto que não possua este selo, ele não possui alove vera suficiente em sua composição; portanto ela não estará inclusa no valor pelo qual você pagou.

3) Questão da embalagem: Como o gel da aloe perde suas propriedades quando exposto ao calor ou a luz, o produto que é adquirido deve vir numa embalagem que não deixe passar a ambos. Não passam no texte, embalagens de vidro, plástico transparente ou metal. Ao adquirir um produto com uma embalagem dessas, esteja ciente de que os elementos que nele estaríam, não mais farão algum efeito benéfico em seu físico, pelo menos, não da parte da aloe vera. Apenas embalagens de plástico consistente o qual não permita a entrada da luz ou calor, são recomendadas pelo órgão de controle mencionado.

4) Aloe Vera não é mágica: A Babosa não é uma panacéia para todas as doenças e não há mágica nela. Ele funciona em duas áreas principais: tecido epitelial e sistema imunológico. Isto é largamente registrado por casos evidenciados por milhares de pessoas através dos séculos que relataram os vários benefícios em problemas de pele. Eles acharam o alívio em doenças intestinais. Outras condições resultantes de uma desordem no sistema imunológico como artrites, asma, fadiga, etc, melhoraram depois da ingestão regular do gel da aloe vera. A babosa, portanto, tem um papel complementar a cumprir no tratamento de várias condições. É muito importante que as pessoas procurem sempre seus médicos quando o diagnóstico for duvidoso ou quando não encontrarem melhoras em sua condição de saúde. Se autodiagnosticar pode ser muito perigoso, uma vez que uma doença grave pode parecer algo sem importância algumas vezes.

 

Elementos componentes do Gel Estabilizado da Aloe Vera:

A Babosa é composta por mais de 75 nutrientes, 200 componentes ativos, 20 Minerais, 18 Amionoácidos e 12 Vitaminas. Dentre eles, destacamos: